(21) 96464-8597 laado@laado.com.br

Será que fazer um curso de finanças realmente vale a pena? Ao final do texto, você perceberá que sim. Mas é claro que para isso será necessário fazer uma boa escolha.

Infelizmente no Brasil ainda temos uma carência muito grande quando se fala em educação financeira. Ainda são raras as escolas que colocam esse tipo de conteúdo com qualidade em sua proposta curricular, apesar de fazer parte da base curricular desde 2020. 

Não é à toa que hoje temos uma parcela gigantesca de pessoas com pouco, ou nenhum, conhecimento financeiro. Por exemplo, sem uma alfabetização financeira adequada, não entendem de planejamento, orçamento, custos, fluxo de caixa, financiamentos, juros compostos etc. O resultado é o endividamento das famílias.

São pessoas que gastam mais que ganham, que não sabem poupar, economizar, e que sofrem com isso. Essa é uma realidade em nosso país, mas que pode ser mudada com um curso de finanças e investimentos.

No artigo abaixo explicamos mais sobre esse tema e mostramos o que considerar ao escolher um que realmente vale a pena. Vamos conferir?

Qual é o seu objetivo?

Provavelmente, a coisa mais importante a se considerar antes de escolher entre as várias possibilidades é esta: o que você deseja obter com isso?

É como decidir que quer aprender a cozinhar. O que isso significa para você? O seu objetivo é fazer um jantar decente sem queimar nada? Ou quer ir mais longe, aprendendo diferentes técnicas culinárias, talvez fazendo molhos e sobremesas sofisticadas? Ou você está pensando em se tornar um chef profissional algum dia?

O nível de conhecimento que você deseja desenvolver determina a quantidade de tempo e dinheiro que você poderá gastar. 

A seguir estão apenas alguns dos motivos pelos quais você pode querer fazer um curso de investimento online:

  • Você ouve pessoas falando sobre investir em ações, títulos, fundos e acha que é algo que você deveria saber mais.
  • Acumulou o suficiente em sua conta poupança para começar a investir e deseja ser inteligente ao criar e gerenciar seu portfólio.
  • Perdeu dinheiro com maus investimentos com base em dicas “quentes” do passado e quer ter certeza de não cair nessa armadilha novamente.
  • Você está interessado em um emprego na área de investimentos e quer mostrar aos empregadores em potencial que está fazendo aulas para aprender mais sobre o campo.
  • Está pensando em se tornar um investidor ativo e deseja aprender técnicas e estratégias antes de entrar no mercado e colocar seu dinheiro em risco.

Leia também::: Saúde financeira: chegou a hora de cuidar da sua!

Diferenças importantes além do custo

Fazer um curso de finanças e investimentos requer comprometimento e autodisciplina. É como começar na academia. Ou seja, se você nunca malhou, não adianta querer pegar um peso gigante logo na primeira semana. Você pode até conseguir no início, mas a chance de abandonar o projeto do meio é grande.

Portanto é importante dimensionar, não só o custo, mas o esforço que você está disposto a fazer e que conseguirá sustentar ao longo do tempo. Depois, se for o caso, você aumenta a carga.

Portanto, aqui estão alguns pontos a serem considerados ao decidir se o curso valerá ou não seu tempo e esforço:

O que o curso cobre? 

Os assuntos podem variar desde princípios de planejamento financeiro, planejamento de aposentadoria e estratégia de investimentos até técnicas mais sofisticadas de seleção de ações e análise técnica, ações, opções e futuros. Antes de mergulhar, certifique-se de entender o que você pode esperar desse aprendizado.

Nível básico ou avançado? 

A maioria dos cursos de finanças dizem que são “para todos”, mas alguns funcionam melhor para quem já tem algum conhecimento prévio. Se você é um novato, comece do início.

No entanto, se você já conhece o básico e deseja entrar em tópicos mais avançados, pode ficar frustrado com um curso desenvolvido para um público mais amplo.

Que tipo de aprendizado funciona melhor para você? 

Você aprende lendo artigos, livros e assistindo a vídeos instrutivos? Conhecer a forma que você aprende melhor também é fundamental para otimizar a busca por conhecimento.

Aqui, eu (Ju), por exemplo, estudo muito mais com livros, artigos e resumos. Por exemplo, sou daquelas que assiste aula escrevendo para organizar o pensamento. Por outro lado, o Nelson aprende muito mais ao assistir vídeos e aulas ao vivo. 

O lado bom é que hoje em dia você tem acesso a todos esses formatos. Mas o ruim é que esse excesso de possibilidades pode resultar em paralisação, frustração e perdas de tempo e dinheiro, se não conhecer seus mecanismos internos.

Mas, antes de sair gastando dinheiro, tem muito conteúdo gratuito de todas as formas que podem te ajudar a adquirir mais conhecimento. Além do blog, em nosso canal do Youtube temos uma grande seleção de vídeos explicativos que podem ser ótimos para você! 

Para um curso tipo sala de aula, quem é o professor? 

Professor e aluno precisam dar match. Não basta ser um professor super graduado se ele não tiver uma didática que combine com o seu jeito de estudar. Mas é importante escolher quem entende do assunto, tenha experiência na área e uma didática que você gosta de acompanhar.

Cuidado com quem você se baseia para aprender sobre finanças. Infelizmente, como em qualquer área profissional, existem profissionais mais competentes, outros duvidosos. Desconfie sempre das promessas boas demais para serem verdades. Geralmente são apenas a sereia cantando para seduzir os jovens navegadores.

Aprender a investir de forma errada pode atrapalhar suas decisões de investimento futuras. E isso pode custar caro. 

A CVM (Comissão de Valores Mobiliários) tem acompanhado de perto as redes sociais para tentar evitar que pessoas com má intenção induzam os outros ao erro, fazendo recomendações sem terem as certificações necessárias para isso.

Há muita informação gratuita na internet

Como falamos antes, existem muitos recursos online excelentes e gratuitos. Não há necessidade de sacar seu cartão de crédito logo no início. 

Por exemplo, em nosso canal do Youtube tratamos muito sobre finanças, investimentos, planejamento financeiro e outros temas relacionados à área. E tudo pode ser acessado gratuitamente.

Além disso, em nossas redes sociais, como nossos canais no Instagram e no Facebook, tem conteúdo diariamente sobre finanças. E sem contar aqui no blog, onde já publicamos dezenas de textos que poderão lhe dar uma base teórica excelente!

Mas há outros especialistas na área que fazem o mesmo, e que disponibilizam seus conteúdos de forma gratuita na web.

Ou seja, antes de comprar um curso de finanças e investimento, veja se você não encontra as informações que precisa na internet. Mas é claro que verifique a reputação de quem passa as informações, sua experiência na área e se realmente possui conhecimento necessário para compartilhá-lo com outras pessoas.

E caso queira se aprofundar ainda mais no tema, aí sim o ideal é partir para um curso pago. Igualmente há uma grande infinidade deles na Internet, sem contar os cursos presenciais.

Tudo vai depender dos seus objetivos — que listamos acima — e do nível de conhecimento que deseja.

Leia também::: Qual o melhor investimento para planejar a aposentadoria?

Faço o que é melhor para você!

Como viu, fazer um curso de finanças e investimento é bom, mas percebeu também que há muito conteúdo altamente qualificado disponível gratuitamente na internet.

Fique atento com as falsas promessas! No mercado financeiro não há milagre, e essa história de ficar rico do dia para a noite pode ser apenas uma estratégia de marketing para te atrair e fazer você abrir sua carteira.

Evite cursos que sugiram que suas técnicas são uma “coisa certa”. Se parece bom demais para ser verdade, não é verdade.

Mas também sempre se pergunte: um curso de finanças e investimentos vale seu tempo e talvez algum de seu dinheiro?  Se você escolher um que seja apropriado para seus objetivos e estilo de aprendizagem, pode ser. 

Além disso, saber algo sobre o mundo dos investimentos pode fazer você se sentir mais seguro com suas finanças, vai ajudá-lo a entender (e ficar menos preocupado) com o mercado de ações e pode ser divertido. 

Portanto, pese sempre os prós e contras e, de acordo com o resultado, invista em um curso de finanças. Mas caso queira informações e dicas para entender melhor esse mercado, se inscreva em nosso canal do Youtube. Ele é um excelente ponto de partida para você!

%d blogueiros gostam disto: