(21) 96464-8597 laado@laado.com.br

Depender apenas do INSS para sua aposentadoria talvez não seja uma boa escolha. Ele é ainda um dos principais órgãos de previdência do Brasil, mas até quando ele dará conta?

 

Dizemos isso por conta de um efeito que pode ser facilmente observado: vemos cada vez o brasileiro vivendo mais, e os novos casais tendo menos filhos. O reflexo disso daqui algumas décadas poderá ser uma pirâmide etária com pessoas mais velhas no topo, e menos jovens na base.

 

O resultado será menos pessoas contribuindo com a Previdência Social do Governo Federal, e mais pessoas dependendo dos recursos dessa mesma previdência. Ou seja, é uma conta que não fecha e que pode colapsar o sistema.

 

E se esse colapso chegar quando for sua vez de se aposentar? Para evitar isso, o ideal é não colocar todos os seus planos de aposentadoria na mesma cesta. 

 

Para entender mais sobre porque não devemos depender apenas do INSS e quais as alternativas existentes, confira o artigo que preparamos abaixo!

 

Não penso na minha aposentadoria

Você tem quantos anos? 20, 30, 40? Se é daqueles que diz que não quer pensar na aposentadoria agora, saiba que está cometendo um grande erro e que poderá comprometer sua segurança financeira futura.

 

Pensar em aposentadoria não significa que você quer parar de trabalhar agora. Ao contrário, quer dizer que você quer se preparar para, quando chegar seu momento de parar de trabalhar, ter todo o amparo financeiro necessário para ter uma vida tranquila e segura.

 

É por isso que devemos pensar na nossa aposentadoria agora. Quanto antes você iniciar tal planejamento, mais tempo terá, mais dinheiro conseguirá economizar, e melhor qualidade de vida terá no futuro.

 

Dito isso, vamos à segunda parte: devemos depender apenas do INSS?

 

Leia também::: Controle de Gastos: o que é e como fazer com eficiência?

 

O INSS

O INSS (Instituto Nacional de Seguridade Social) é um órgão governamental ligado à Previdência Social. Ele é responsável pelo pagamento da aposentadoria e demais benefícios aos trabalhadores brasileiros, com exceção de servidores públicos. 

 

Para ter direito ao benefício, o trabalhador deverá pagar uma contribuição mensal durante um determinado período ao INSS, variando de acordo com o tipo de aposentadoria.

 

Atualmente, são 31 milhões de aposentados e pensionistas no país. Dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua), do IBGE, mostram que entre 2012 e 2019, o número de aposentados cresceu 19%.

 

Desta forma, cerca de 15% da população brasileira já recebe aposentadoria ou pensão do INSS. E a continuar neste ritmo, a tendência é que aumente cada vez mais os dependentes do INSS.

 

Do outro lado da balança, vemos casais tendo cada vez menos filhos. De acordo com o relatório do Fundo de População das Nações Unidas (Unfpa-ONU) revelou que a média atual é de 1,7 filho por família. Comparativamente, na década de 1960 a média era de seis filhos por família!

 

Mas o resultado é uma inversão da pirâmide etária, com cada vez menos jovens na base da pirâmide, e mais pessoas com mais idade no topo. O mesmo acontece com o INSS: cada vez menos pessoas iniciando a contribuição, e cada vez mais pessoas recebendo benefícios de aposentadoria e pensão.

 

É claro que a conta não fecha e, a continuar o modelo atual, a tendência é de colapso no sistema de aposentadoria do Governo Federal.

 

Mas qual a solução?

A solução é ter também uma estratégia de investimentos para o seu perfil que inclua, por exemplo, investimentos como a previdência privada. Desta maneira, você segue contribuindo com o INSS para se aposentar pela Previdência Social mas não depende dela para viver.

 

E como segurança e complemento de renda na aposentadoria, você terá uma aposentadoria privada.

 

Mas quando falamos em aposentadoria financeira, imagine como um investimento, E como toda aplicação financeira que você faz, é um processo que nos acompanha a vida inteira. De largada, calcule quanto você precisa ter para manter uma vida confortável no futuro.

 

Além disso, para saber como calcular quanto dinheiro precisará acumular para sua aposentadoria, confira ao final do artigo o vídeo que preparamos para nosso canal do Youtube, e no qual detalhamos a forma de fazer o cálculo

 

Leia também::: Quanto é preciso juntar para viver de renda?

 

Comece seu planejamento de aposentadoria hoje!

Temos certeza que um dia você pretende se aposentar. Mais que isso, quer ter uma vida tranquila quando chegar este momento.

 

É por isso que você não deve depender apenas do INSS para isso, mas também já criar sua reserva financeira pensando no seu futuro. E o segredo para construir essa reserva é PLANEJAMENTO!

 

É por meio de um planejamento financeiro que você atingirá seu objetivo. Ele indicará sua situação financeira atual, quais seus ganhos, seus gastos e estabelecerá metas de economia. Assim, dentro de um tempo estipulado, você terá o dinheiro suficiente para se aposentar.

 

Mas pode ser com 65 anos, como no INSS, ou pode ser antes, tudo vai depender de qual seu grau de comprometimento hoje. Por isso, quanto antes iniciar seu planejamento financeiro, mais rapidamente atingirá seu objetivo.

 

Esperamos que tenha gostado do artigo sobre porque você não deve depender apenas do INSS para se aposentar. E se precisar de ajuda com seu Planejamento Financeiro, temos uma Mentoria exclusiva sobre isso. Para saber mais, clique no botão abaixo!

 

QUERO FAZER A MENTORIA SOBRE PLANEJAMENTO FINANCEIRO!

 

%d blogueiros gostam disto: