(21) 96464-8597 laado@laado.com.br

Você pode dizer que não é gosta de finanças só porque é médico, advogado, psicólogo… Eu sei porque já falei muito isso pra mim mesma. Fiz jornalismo e fugia de economia durante a faculdade. Mas finanças pessoais fazem parte da nossa vida. Trabalhamos e ganhamos dinheiro. Tomar decisões financeiras inteligentes é o que vai nortear os caminhos que você vai conseguir trilhar ao longo do tempo.

Tomamos decisões o tempo todo. Porque a vida é assim, imprevisível e sempre nos prega uma peça. Umas boas, outras nem tanto. E foi assim que chegamos aqui. Graças aos acasos e escolhas.

Quando comecei a trabalhar como assessora de imprensa, embarquei no mercado financeiro, seguros e imobiliário. Me apaixonei por finanças. Justo eu?, pensei…

Lá, fui entender modelos de negócios e números por trás de cada cliente para construir conteúdos interessantes para as pessoas. Nesse caminho, fui desconstruindo essas “verdades”. Elas nos limitam e, pior, afetam a forma como nos relacionamos com o dinheiro.

Dinheiro este fruto do nosso próprio trabalho. Não percebemos a relação direta da nossa vida pessoal e profissional ao nosso planejamento financeiro. Ou à ausência dele. E acontece com quem reforça essa auto-negação.

E quando a vida nos prega uma peça dolorida, que envolve a nossa incapacidade de trabalhar? Ou a perda de alguém muito próximo?

Pode ser uma doença grave, causada por uma vida estressante e corrida. Com hábitos pouco saudáveis que justificamos com a falta de tempo. Tudo isso aliado à falta de proteção e planejamento financeiro pode causar um efeito dominó.

Já pensou no impacto que ter ou não proteção e planejamento financeiro adequados podem ter no seu estilo de vida?

Lidar com situações adversas da vida é sempre ruim. Mas não ter dinheiro certamente torna o processo ainda mais difícil.

Apenas comece. Pare de adiar decisões financeiras inteligentes. Elas farão diferença na sua qualidade de vida.


  • 4 tipos de riscos financeiros e como evitá-los
    Você sabe quais são os riscos financeiros e como evitá-los? Sim, eles existem e devem sempre ser considerados por quem deseja ter sucesso na vida. Afinal, diariamente analisamos os mais variados tipos de risco que existem. Por exemplo, antes de sair de casa, você olha a previsão do tempo, calculando os riscos de se molhar […]
  • A importância do autoconhecimento financeiro
    “Conhece a ti mesmo” é uma frase com raízes na Grécia antiga. E ela, mesmo milhares de anos depois, segue atual quando se fala em autoconhecimento financeiro. Afinal, ela nos ajuda a entender por que tomamos as decisões que tomamos, como reagimos a situações no mercado e como podemos moderar os elementos irracionais das decisões […]
  • Quais são os principais tipos de seguro de vida?
    Conhecer os tipos de seguro de vida é algo bastante importante para quem deseja dar mais segurança àqueles que ama. Afinal, o titular do seguro não está pensando em si ao contratar esse serviço, mas sim em quem vai ficar na sua ausência. Na vida, temos muitos marcos financeiros para os quais devemos nos preparar […]
  • Educação financeira: o primeiro passo para a liberdade
    No Brasil, o tema Educação Financeira ainda não leva a importância que deveria. E o resultado é desastroso: 63 milhões de brasileiros são inadimplentes. Os motivos para isso são variados — pode ser resultado da crise do coronavírus, uma dificuldade momentânea, ou mesmo a dificuldade em lidar com o dinheiro. Porém, por meio da educação […]
  • Disciplina financeira: a chave para uma vida mais livre
    Por que é tão fácil para outras pessoas economizar dinheiro sem ceder à tentação de gastar o salário de um mês inteiro em coisas que realmente não importam? A resposta é disciplina financeira! Ter o controle dos gastos, saber exatamente quanto ganha todo mês e para onde está indo seu dinheiro é uma tarefa que […]
%d blogueiros gostam disto: