(21) 96464-8597 laado@laado.com.br

Você pode dizer que não é gosta de finanças só porque é médico, advogado, psicólogo… Eu sei porque já falei muito isso pra mim mesma. Fiz jornalismo e fugia de economia durante a faculdade. Mas finanças pessoais fazem parte da nossa vida. Trabalhamos e ganhamos dinheiro. Tomar decisões financeiras inteligentes é o que vai nortear os caminhos que você vai conseguir trilhar ao longo do tempo.

Tomamos decisões o tempo todo. Porque a vida é assim, imprevisível e sempre nos prega uma peça. Umas boas, outras nem tanto. E foi assim que chegamos aqui. Graças aos acasos e escolhas.

Quando comecei a trabalhar como assessora de imprensa, embarquei no mercado financeiro, seguros e imobiliário. Me apaixonei por finanças. Justo eu?, pensei…

Lá, fui entender modelos de negócios e números por trás de cada cliente para construir conteúdos interessantes para as pessoas. Nesse caminho, fui desconstruindo essas “verdades”. Elas nos limitam e, pior, afetam a forma como nos relacionamos com o dinheiro.

Dinheiro este fruto do nosso próprio trabalho. Não percebemos a relação direta da nossa vida pessoal e profissional ao nosso planejamento financeiro. Ou à ausência dele. E acontece com quem reforça essa auto-negação.

E quando a vida nos prega uma peça dolorida, que envolve a nossa incapacidade de trabalhar? Ou a perda de alguém muito próximo?

Pode ser uma doença grave, causada por uma vida estressante e corrida. Com hábitos pouco saudáveis que justificamos com a falta de tempo. Tudo isso aliado à falta de proteção e planejamento financeiro pode causar um efeito dominó.

Já pensou no impacto que ter ou não proteção e planejamento financeiro adequados podem ter no seu estilo de vida?

Lidar com situações adversas da vida é sempre ruim. Mas não ter dinheiro certamente torna o processo ainda mais difícil.

Apenas comece. Pare de adiar decisões financeiras inteligentes. Elas farão diferença na sua qualidade de vida.


%d blogueiros gostam disto: